Monthly Archives: December 2017

Dicas Para Estimular A Produção De Colágeno

A flacidez do rosto é um sintoma que aparece com passar do tempo, uma vez que a nossa pele vai perdendo elasticidade e colágeno à medida que envelhecemos. Tanto colágeno hidrolisado (colastrina) como colágeno natural (gelatina) são obtidos do mesmo ingrediente, colágeno da carne bovina ou suína. Algumas plantas medicinais como a Centella asiatica e consumo de alimentos ricos em ácidos graxos ômega-3 e proteínas podem impulsionar a produção interna da proteína, vez que esses nutrientes ajudam na conversão de queratina funcional em colágeno.

colastrina colágeno funciona

 

Mais do que vestígios da idade, estes sinais são um alerta para a falta de colágeno no corpo, cuja produção decai a partir dos 30 anos. Quando somos jovens, temos colágeno em abundância e ao longo das nossas vidas esta proteína vai se rompendo e desgastando, fazendo com que a pele perca a sua elasticidade e rugas comecem a aparecer lentamente. Consiste na aplicação com agulhas curtas e finas de ácido hialurônico e vitaminas que potencializam seu efeito.

Enquanto dormimos, a pele se regenera e produz uma quantidade maior de colágeno, elemento responsável pela firmeza da pele. Vitamina C: com ação antioxidante, inibe os radicais livres que causam a destruição do colágeno, além de estimular a produção da substância e reverter dano que já está estabelecido na pele. uso diário de protetor solar é fundamental, independentemente da idade, não só por uma questão estética, mas também pelo fato da radiação UVB ser a principal responsável pelo câncer de pele.

Desta forma, provocam a síntese de colágeno, revigoram a pele e propiciam uma hidratação profunda, além de melhorarem a firmeza e a elasticidade. A medida que envelhecemos organismo diminui a produção de colágeno e consequentemente a pele, começa e perder a sustentação. Ajuda a remover manchas na pele, combater rugas e linhas de expressão, além da remoção definitiva de pelos indesejados.

colágeno hidrolisado é reconhecido como um ingrediente alimentício pelo Ministério da Saúde e pelo FDA (órgão que regulamenta alimentos e bebidas nos EUA) e atualmente já é possível observar no mercado alguns alimentos enriquecidos com essa proteína. Os tipos de colágeno 1 e 3 podem ser tomados em conjunto e atuam na saúde da pele, dos músculos, dos ossos e no crescimento e manutenção de unhas e cabelos.

Por consequência disso, acaba ocorrendo uma redução da elasticidade e hidratação da pele, que pode causar mais tarde alguns males como celulites, flacidez, rugas, unhas e cabelos sem brilho, entre outros efeitos negativos. Controlos regulares em toda a cadeia de produção garante-lhe produtos de alta qualidade e rastreabilidade completa. A ingestão em longo prazo de colágeno hidrolisado parece oferecer os benefícios e agir beneficamente em muitos tecidos e as funções vitais do corpo.

Confira mais detalhes sobre a Colastrina no vídeo abaixo:

Além disso, articulações como as do joelho podem começar a sofrer mais cedo naqueles que praticam esportes ou exercícios físicos regularmente, pois corpo não é capaz de acompanhar os níveis de regeneração de colágeno necessários para bom funcionamento do organismo. Collagen Skin contém peptídeos bioativos de colágeno, ácido ortosilícico biodisponível, vitaminas A, C e E, e extrato aromático de cranberry.

Seus efeitos são aumentar a firmeza, a elasticidade e a tonicidade da pele. Talvez excesso de transpiração e de produção de ácido láctico, um umectante natural presente na pele, seja responsável pelos níveis de hidratação da pele corporal. Nesta idade já é possível investir em alguns tratamentos estéticos com aparelhos a laser para estimular a produção de colágeno, como a radiofrequência e laser infravermelho, de acordo com dermatologista Claudio Mutti, da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia.

Existem também alguns tratamentos clínicos possíveis para evitar envelhecimento precoce e manter a pele firme por mais tempo. 1. uso do protetor solar é indispensável, mesmo em dias com sombra ou frios. À medida que envelhecemos, a nossa pele vai perdendo firmeza e elasticidade, colágeno e a elastina são os responsáveis por trazer aos nossos tecidos estas propriedades, de aumentar a sua produção, para ter uma pele bonita e em bom estado.

INGREDIENTES: Colágeno hidrolisado em pó. NÃO CONTÉM GLÚTEN. Por ser uma proteína de fácil digestão e assimilação, colágeno é um suplemento alimentar com inúmeras indicações na área de saúde. Essa proteína é fundamental para funcionamento adequado da cartilagem articular, tipo especial de tecido que reveste a extremidade de dois ossos justapostos, permitindo a execução dos movimentos do corpo.

Contém vitaminas, antioxidantes e peptídeos que estimulam a produção de colágeno para deixar a pele mais firme e suavizar as linhas de expressão. Ele protege a pele contra a radiação solar, contra as toxinas da poluição e evita envelhecimento precoce. Collagen Skin é um produto proteico, fonte de peptídeos bioativos de colágeno, ácido ortosilícico biodisponível e vitaminas A, C, e E. Não contém açúcar, lactose e glúten.

É importante frisar que muitos vegetarianos e veganos não sabem que a gelatina ou colágeno hidrolisado vêm dos ossos e pele de animais. Portanto, para que haja síntese adequada de colágeno, é necessário associar a ingestão de Vitamina C com quantidade adequada de proteínas que fornecerão os aminoácidos que constituem colágeno no corpo. Esta redução de espessura da pele, comum a todos os seres humanos, se dá pela degradação de colágeno, diminuição da sua produção e pela oxidação da pele.

Tão importante quanto adotar a suplementação de colágeno à dieta após uma certa idade, consumo de antioxidantes e vitamina D são fundamentais para garantir sua fixação, otimizar seu desempenho, e evitar desgaste de células e articulações. Mulheres à partir dos 40 anos que necessitam de tratamentos mais intensivos e firmadores para tratar rugas existentes e previnir futuras, trabalhando a falta de firmeza.

Aos 50 anos, a queda dos níveis hormonais logo se reflete na qualidade da pele, deixando-a mais fina, ressecada e sem brilho, evidenciando as rugas de média profundidade. Existe uma relação direta entre sexo, a espessura da pele e a concentração de colágeno, proteína que dá sustentação aos tecidos. colágeno é a proteína mais abundante do organismo. “Uma alimentação rica em proteínas magras estimula a produção de colágeno.

Esses micronutrientes também são essenciais para a produção do colágeno pelo organismo, principalmente a vitamina C, que forma colágeno estável. Então se faz necessária uma alimentação saudável com bastante fontes de proteínas, além de exercícios físicos e, muitas vezes, a suplementação, visando assim estimular a produção do colágeno no nosso corpo. Alterações de tecidos das articulações, pele, são comuns no trabalho, desporto ou acidental.